Como Não Estragar O Patchwork


523

Saber como não estragar o patchwork é fundamental para quem realiza esse tipo de trabalho. Apesar de parecer algo um tanto quanto óbvio, muitos ainda pensam na qualidade por não seguir boas práticas.

Se o objetivo é vender produtos feitos em patchwork, a questão da qualidade se torna ainda mais importante. Quanto melhor o seu produto, mais valor você irá agregar a ele.

Sendo assim, veja algumas dicas para que o material não estrague e que tudo seja feito da melhor forma possível.

Como não estragar o patchwork: tecidos de qualidade

Uma das premissas de como não estragar o patchwork é optar por tecidos de qualidade.

O Patchwork é um trabalho comumente feito com retalhos de outras peças (normalmente roupas). Então, os tecidos adquiridos para essa produção devem ser de boa qualidade.

Tecidos que não atendem as expectativas irão desbotar, são muito finos e ainda tendem a desfiar e rasgar com maior facilidade. Ou seja, a durabilidade é prejudicada.

Obviamente, os conceitos estéticos também ficam a desejar. Então, a dica número 1 de como não estragar o patchwork é investir em qualidade de tecido.

Saiba comprar os materiais para trabalhar

Os materiais para realizar todo o trabalho de patchwork também devem ser de qualidade.

Linhas, agulhas, tesoura, cola, fitas, enfim, é importante que todo o conjunto atinja as expectativas esperadas. Para isso, ter apenas um tecido de qualidade não é suficiente.

Essas pequenas dicas de como não estragar o patchwork já irão ajudar – e muito – no seu processo produtivo. É fundamental encontrar opções de bom custo x benefício no mercado.

E para finalizar como não estragar o patchwork, não se esqueça de adquirir os melhores produtos na loja online da Avimor Tecidos.


0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *