Composição do Tricoline: Você sabe do que é feito esse tecido?


559

Muita gente conhece esse tipo de tecido por contas das camisas e vestimentas sociais, mas nem sabe de certo seu nome ou então a sua composição. Por isso, para você que deseja entender mais sobre esse pano sofisticado, vamos conferir qual a composição do Tricoline.

Ele é muito conhecido quando pensamos em patchwork e um segmento mais sofisticado, como as camisas e as vestimentas sociais. Por isso é sempre uma das primeiras opções de tecidos leves para quem procura elegância.

Mas mesmo assim, muitas pessoas não sabem do que ele é feito, qual sua matéria prima e como ele é constituído, algo importante de ser conhecido quando pensamos em qualidade de tecido.

Qual a composição do Tricoline?

O Tricoline é um tecido feito a partir de uma construção com tela, que conta com a resistência e a leveza do algodão, sua principal matéria prima, no processo penteado mercerizado.

Ele pode tanto ser estampada e xadrez quando é feito de Fio Tinto, ou liso e colorido quanto a técnica é normal. Possui um peso um pouco maior que a Cambraia, e está cada vez mais presente no mercado sofisticado que preferem tecidos leves, principalmente no segmento de camisarias.

O Tricoline tem uma composição quase que 100% feita de algodão, com algumas variações dentro do mercado, para quem procura mais elasticidade, como a versão com Elastano, que é feita de 97% de algodão e 3% de elastano.

Essa adição de matéria prima diferente cria uma elasticidade muito maior para o tecido, bem como mobilidade ao utilizar, fazendo com que ele não amasse tão facilmente, uma das desvantagens do seu uso.

Mas como existem algumas outras variações, separamos a composição do Tricoline de acordo com seu tipo de tecido disponível:

  • Tricoline Advance Tie Dye – 65% Poliéster 35% Algodão;
  • Tricoline Alaska C/elastano – 52% Algodão 44% Poliéster 4% Elastano;
  • Tricoline Amati – 100% Algodão;
  • Tricoline Bordada Tie Dye – 65% Algodão 35% Poliéster;
  • Tricoline C/lycra – 97% Algodão 3% Elastano;
  • Tricoline Estampada Importada – 65% Poliéster 35% Algodão;
  • Tricoline Mista Importada – 65% Poliéster 35% Algodão;
  • Tricoline Mista Importada – 80% Poliéster 20% Algodão;
  • Tricoline Mista Importada C/ Risca – 90% Poliéster 10% Algodão;
  • Tricoline Mônaco C/elastano – 97% Algodão 3% Elastano.

Para pensar em Tricoline, é preciso pensar no algodão

Como vimos o algodão é basicamente a matéria prima do Tricoline, salvo algumas variações que possuem uma porcentagem, sempre bem menor que ele de outro material.

Essa fibra de origem natural e vegetal é a fibra mais usada no mundo todo, desde de muito antigamente, e sua qualidade irá depender diretamente do brilho, finura, pureza, cor e longitude da sua fibra, que pode oscilar entre 10mm e 50mm.

As suas propriedades mais importantes com certeza são:

  • Resistência a fricção e rasgos;
  • Resistência ao calor;

Ele é um material fácil de ser lavado, flexível, fresco e que não acumula estática, e no Brasil é a principal fibra têxtil no setor de vestimentas, com maior produção localizada dentro das regiões Centro-Oeste, Nordeste e Sul.

Esse tecido é formado de forma básica por fios de ourela (que formam suas bordas) e fios de fundo (que formam o tecido propriamente dito) situando-se um sobre o outro.

Para conseguir um tecido plano é preciso entrelaçar um conjunto de fio em ângulos retos ou então longitudinais e transversais, chamados de URDUME e TRAMA respectivamente, sempre feitos por meio de um tear.

O Tricoline é o mais usado entre os tecidos de algodão para Patchwork, Quilt e Camisarias, já que ele pode ser tanto liso quando fio tino, e possui uma espessura de fio 40 que é mais fina e macia, ideal para esses segmentos.

Agora que você já conhece sua composição, acesse o site https://www.avimortecidos.com.br/ e descubra um mundo de possibilidades novas com o Tricoline.

Não deixe de conhecer outros conteúdos além da composição do Tricoline, acesse também o nosso artigo dizendo para que ele serve dentro do mercado têxtil, e conheça várias opções de peças.


1 Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *