Sarja ou brim? Você sabe escolher entre esses dois tecidos?


553

Quando pensamos em tecidos para calças e com um aspecto mais grosso a primeira coisa que vem em nossa cabeça sempre é sarja ou brim, já que muito semelhantes, eles podem gerar muitas dúvidas no mundo têxtil.

Para quem conhece mais nem sempre existem questões, mas para aqueles que estão entrando agora no mundo do corte e costura, e querem produzir suas próprias peças, é difícil entender logo de cara.

Por isso, se você quer entender e uma vez por todas a diferença entre a sarja ou brim, continue lendo para ter todas essas informações.

Sarja ou brim, qual é qual?

Tanto a sarja quanto o brim são nomes genéricos que damos a mesma construção de aparência técnica, tendo como característica principal o aparecimento de fios diagonais do lado diferente, em diferentes telas (que podem ser tricolines ou popelines).

Esses fios apresentam um entrelaçamento cru e simples no urdume com uma aparência na trama que seja igual dos dois lados, tanto avesso quanto direito.

Assim a sarja ou brim representam um lado em diagonal e um outro que seja parecido com sua tela, sendo um tecido natural.

A composição dos dois podem ser tanto em algodão 100%, poliéster 100% ou uma mistura de fibras, como o elastano, que cria mais conforto e elasticidade para a peça.

Sarja

Os tecidos de sarja são geralmente bem mais leves e tem o mesmo peso dos tricolines e popelines, podendo ser tanto lisas, quanto estampadas, usadas mais em calças de alfaiataria, mas também em camisas e blusas.

Esse tecido pé mais plano e não estica com facilidade, por isso proporciona um momento maior e não absorve tanto o calor de fora.

Brim

O brim é conhecido por ser uma técnica diferente de sarja ou gabardine mais pesada, com um volume maior e que se destina quase que exclusivamente a calças.

Os tecidos de brim geralmente têm uma sarja 3×1, sendo assim mais abertos na diagonal, ao contrário de outros que apresentam uma sarja que geralmente de 2×1.

É um tecido muito mais grosso, usado também em blusões, calças, jaquetas, macacões e outras peças mais pesadas. Muito confundido com o jeans, por conta de sua aparência semelhante, a diferença principal é que ele pode receber várias cores diferentes.

Como os fios tem uma coloração uniforme, podem receber tingimentos com cores chapadas, diferente do jeans tradicional, que é azul e não pode ser tingido.

As primeiras peças de brim eram chamadas de jeans preto, muito usadas por tribos góticas. Como hoje o mercado têxtil pode trabalhar muito mais toda essa diversidade, o brim ganha cada vez mais espaço para receber cores diferentes e criar peças estilizadas.

Sarja ou brim, qual comprar?

As diferenças principais desses tecidos são essas, mas é preciso entender que aqueles que possuem poliéster são mais resistentes, podem amarrotar menos e geralmente são mais usados para peças de uniformes profissionais, já que a fixação de corantes é mais fácil.

Já as que são 100% algodão podem ter várias finalidades, mas seu uso principal são as calças, tanto femininas quanto masculinas, assim como na decoração, por meio de artesanatos e outros itens.

O importante na hora de escolher um ou outro é entender a finalidade da sua peça, e o que você pretende com ela, já que por conta de um ser mais grosso que o outro, pode ser mais indicado para ambientes mais frios.

Então seja o que você decidir para as suas confecções, nós da Avimor Tecidos temos tudo aquilo que você procura, por isso acesse nosso site https://www.avimortecidos.com.br/ e descubra um mundo de possibilidades.

Se você quer ler mais conteúdos sobre as especificações de tecidos, entender mais sobre sarja ou brim, acesse mais conteúdos do nosso blog e fique atento no nosso próximo texto sobre tecidos de sarja para sofá.


0 Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *