Usar o tecido para decoração é algo que pode ser feito de diferentes formas. Normalmente essa técnica é usada para promover o máximo de aproveitamento dos tecidos, aumentando ainda mais a lucratividade.

Para aquelas pessoas que estão em busca de uma renda extra ou até mesmo estão querendo começar com um novo hobby, esta é uma ótima opção, principalmente se já tiver facilidade com costura e artesanato.

Veja algumas ideias para se inspirar e, quem sabe, não começar seus trabalhos agora mesmo!

Tecido para decoração: como usar?

Usar o tecido para decoração é algo que pode ser feito de diferentes formas e o que mais conta é a sua criatividade.

O tecido pode ser usado por si só, como uma toalha, uma manta, uma tela para desenho e coisas do gênero.

Mas ele também pode ser trabalhado na forma de artesanato. O patchwork, por exemplo, é uma técnica que usa retalhos de tecidos para realizar uma série de trabalhos.

Mantas, capas para almofadas, capas de caderno, acessórios, chaveiros, roupas de boneca, enfim, é uma forma bem divertida e criativa de usar o tecido para decoração.

Nesses casos, normalmente os tecidos de algodão são os preferidos, pois eles têm boa trabalhabilidade e aderência ao uso de cola.

Outra dica é: use e abuse de tecidos coloridos e estampados. Veja qual é a paleta de cores que você mais gosta e invista em tons diferentes.

O tecido deve ser de qualidade

Independente do uso e de como você irá usar o tecido para decoração, é imprescindível que o material seja de alta qualidade.

A qualidade está diretamente relacionada com a durabilidade e com a excelência do resultado.

Então, se você está pensando em usar tecido para decoração, não se esqueça de adquirir o seu material na Avimor Tecidos.

É notável quando os tecidos para roupas são comprados da maneira correta, uma vez que conferem muito mais elegância e bom caimento ao look. Esses tipos de detalhes fazem total diferença na hora de comprar e produzir uma peça, já que toda informação nela contida é que vai transmitir uma imagem boa (ou não) da pessoa que a veste.

Quando a escolha é bem pensada, de acordo com o modelo para cada ocasião, certamente, você vai estar mais bem vestido e confortável dentro da roupa. Da mesma forma que uma escolha equivocada pode prejudicar toda a sua imagem em uma entrevista de emprego, por exemplo.

Hoje em dia, o mercado se diversificou muito nesse segmento e oferece aos consumidores várias opções de tecidos, que se diferenciam na cor, textura, leveza, caimento e outras demais características que fazem cada tipo ser único e indicado para uma peça de roupa em específico.

Sendo assim, se você deseja saber sobre como comprar tecidos para roupas online, para criar peças de qualidade, continue acompanhando esse artigo e confira algumas dicas que podem ser importantes na hora de adquirir esse tipo de produto.

 

Como os tecidos para roupas podem fazer a diferença no look

Nos dias de hoje, em cada rua é possível encontrar uma loja de vestuário com diversas opções de roupas, seja em tamanhos, texturas, cores e estampas. E para cada peça desse tipo fabricada foi preciso escolher tecidos para roupas que fosse adequadas ao modelo que seria produzido.

Nessa etapa inicial, o importante é estar atento ao tipo de composição que esse tecido vai ter, ou seja, se ele vai ser natural, como aqueles feitos com seda, linho e algodão, mistos, com a maior porcentagem de tecidos naturais, ou ainda sintético, que é o mais comum, feito com acrílico, poliamida e poliéster.

Cada roupa feita com esse material vai apresentar uma característica em particular, por exemplo, as peças que são feitas a partir de tecidos sintéticos acabam impedindo a transpiração, deixando a roupa mais molhada e ainda provocando o mau cheiro. Por isso, em estações mais quentes deve-se evitar esse tipo de vestuário.

Para entender um pouco mais sobre esse universo, confira a seguir alguns tipos de tecidos disponíveis no mercado:

  • Algodão: uma das principais matérias-primas mais utilizadas para compor outros tecidos, justamente por ser uma fibra natural e permitir a respiração do corpo em dias mais quentes.
  • Crepe: existem vários tipos e podem ser encontrados em lojas de tecidos com mais facilidade. Nesse caso, o indicado é para vestidos, blusas de manga curta e longa, pois é um tecido mais fluido e leve, que não tem a necesidade de ser passado, se tornando bem mais prático.
  • Chiffon: consiste em um tecido fluido, recomendado para vestido de festa, como formaturas e casamentos. Uma das suas características é por ser transparente e, por isso, exige que seja feita um forro por baixo. Por não conferir muito volume pode-se fazer várias camadas na mesma roupa, que mesmo assim a peça irá ficar leve e delicada.
  • Laise (ou Lese) e Cambraia: consistem em tecidos de algodão que tem a principal característica de ter os “furinhos” por toda sua extensão. Em alguns casos é preciso colocar uma blusa ou forro na parte de baixa. Esses tecidos deixam a roupa mais delicada, o que é indicado também para a confecção de peças de crianças.
  • Linho: um tecido que vai de fino a médio e que pode ser bem versátil em estações que não faz tanto calor, mas que também pode ser utilizado para compor peças no verão.

Logicamente que existem outros inúmeros tipos de tecidos para roupas disponíveis no mercado, mas cabe a cada consumidor encontrar o modelo mais adequado para o seu tipo de roupa e ocasião em que será utilizada.

Essas são algumas dicas que podem fazer diferente na hora da comprar tecidos para roupas online. Esses detalhes são essenciais para o resultado final de um look e elegância na hora de se vestir. Agora se você quiser conferir mais modelos e opções, confira o site https://www.avimortecidos.com.br/